Premium Vitória: a hora da união

José João Torrinha

Tópicos

PONTAPÉ PARA A CLÍNICA - A partir de hoje, a única percentagem que interessa é a dos cem por cento. Cem por cento de apoio, cem por cento de união.

Que sentimento é este que nos une a todos, vitorianos? Que paixão é esta que nos faz percorrer quilómetros atrás de uma equipa, enchendo bancadas por esse país fora e mesmo além fronteiras? Alguns dirão que é o mesmo sentimento que une os adeptos dos outros clubes lusos. Permitam-me discordar.

Sem ponta de bairrismo, afirmo que este é um clube diferente. Diferente de alguns, porque ninguém escolheu ser vitoriano porque este clube nos dava mais garantias de vitórias. Não é um amor interesseiro. O vitoriano sabe que vai dar muito mais ao seu clube do que ele lhe vai dar em conquistas.