Exclusivo É proibido pensar pequenino

José João Torrinha

Tópicos

PONTAPÉ PARA A CLÍNICA - Um artigo de opinião de José João Torrinha.

1 Ninguém gosta de perder. O que varia é o tamanho da azia. Quando perdemos, tento não ler nada sobre o assunto, ou sequer ver o resumo. A tortura suprema é quando não vi a partida em direto e depois, para escrever sobre ela, tenho de puxar a fita atrás, sabendo que vai acabar mal.

Mas há uma coisa pior do que perder. É perceber que vestimos o equipamento de equipa pequenina. Como aquelas que vêm ao D. Afonso Henriques jogar para o pontinho. Onze homens atrás da linha da bola; ferrolho bem fechado lá atrás e antijogo, às vezes desde o minuto um. As tais equipas que mereciam sempre perder por um a zero, aos noventa e cinco minutos.