Premium Como os clubes são prejudicados nas apostas desportivas

Como os clubes são prejudicados nas apostas desportivas
José Eduardo Simões

Tópicos

Referi há dois meses que o Totonegócio se transformou numa enorme injustiça desportiva quando a dívida que faltava liquidar em 2010, no montante de 25,3 milhões de euros, quase toda da responsabilidade de Porto, Benfica, Belenenses, Sporting, Boavista, Salgueiros, Farense, Braga e Amora (21,2 milhões em conjunto), passou ao regime de "banho-maria".

Desde então, esses clubes pouco ou nada amortizaram das respectivas dívidas, enquanto do lado oposto existem 90 emblemas que nada ou pouco recebem do Totobola. É a justiça dos poderosos, com a Federação a ajudar e a tentar que o assunto ande esquecido, porque assumiu 50% da dívida em 2011 e passou a receber e gerir, desde então, as verbas do Totobola.