Exclusivo Sem pressão, não há diamantes

O FC Porto respondeu ao triunfo do Sporting na véspera na mesma moeda e manteve a distância entre os dois candidatos nos seis pontos. Pelo caminho, revelou mais um diamante.

1 Consta que, sem pressão, não há diamantes. O FC Porto tem sido pressionado por todos os lados. Pelas necessidades de tesouraria que forçaram a saída de Luis Díaz em janeiro, pela réplica do Sporting a cada jornada que passa ou pela intensidade sufocante do calendário até à última paragem do campeonato.

Uma pressão constante que talvez explique a quantidade de diamantes que Sérgio Conceição descobriu no plantel nos últimos tempos. Claro que descobri-los é apenas uma parte do trabalho.