Exclusivo Prova superada

Portugal passou com distinção o primeiro teste de fogo que o Mundial lhe atirou ao caminho e ganhou tempo para consolidar o processo revolucionário em curso.

Comecemos pelas boas notícias, que são muitas. A mais importante, claro, a de que Portugal se apurou para os oitavos de final do Mundial com duas vitórias nos dois primeiros jogos da fase de grupos. Não há muitas seleções que possam dizer o mesmo - só França e Brasil, por sinal - e não faltam candidatos crónicos ao título com a corda na garganta à entrada para a última jornada: Alemanha e Argentina são os mais aflitos.

Claro que ainda há o primeiro lugar do grupo para carimbar, mas com o apuramento garantido, o jogo com a Coreia do Sul, na sexta-feira, perde a carga dramática que podia ter e abre campo para alguma gestão do cansaço que, a espaços, foi percetível no jogo de ontem.