Premium "VAR: a declaração visou a ferramenta não os utilizadores"

"VAR: a declaração visou a ferramenta não os utilizadores"

O posicionamento das câmaras de TV não permite, nem garante, efetiva simetria relativamente ao relvado.

Engana-me que eu gosto!

Em jeito de balanço, proferindo esperadas palavras de apoio ao VAR (quem presumiria assunção de deficiente aplicabilidade?), a diretora executiva da Liga de Clubes, Sónia Carneiro, considerou que o balanço da arbitragem com apoio daquele instrumento, esta temporada "é positivo", porém, reconheça-se, a declaração visou a ferramenta não os utilizadores! Porquanto terá acrescentado: "Foi evidente para todos que as coisas correram menos bem, mas só não falha quem não faz. As pessoas assumiram os seus erros".