Premium "O presidente do SLB botou palavra, o CA da FPF anichou-se"

"O presidente do SLB botou palavra, o CA da FPF anichou-se"
Jorge Coroado

Tópicos

APITADELAS - Jorge Coroado, cronista de O JOGO, escreve hoje sobre as incidências na Taça da Liga, com foco nas polémicas que envolveram a arbitragem.

As meias-finais da Taça da Liga, para além de jogos com algum interesse, um pouco fora do usual no futebol indígena, serviram para demonstrar, bem, estirpe de dirigentes (?) desportivos existentes, o que os move e o que preconizam para atingirem fins; nível (fraco) do quadro atual da arbitragem; como o VAR se transformou no guarda-chuva da incompetência, incapacidade e impreparação dos árbitros; ausência de sentido de oportunidade, dever, orientação, rigor e responsabilidade do CA da FPF e, por acréscimo, o séquito bajulador e corporativista que, arredado por desvalor pior ou igual ao dos amanuenses cooptados para o VAR, por aí pulula perorando patacoadas no éter televisivo e não só.