A nomeação de Soares Dias

Após período de menor fulgor, Artur Soares Dias parece caminhar para a sua melhor forma

O clássico de hoje no Estádio da Luz, pelas circunstâncias atuais, vai muito para além da simples disputa pela conquista de três pontos. A vivência próxima e futura da competição, o interesse e a motivação que resultarão no final dos 90 minutos, as consequências desportivas e financeiras que, naturalmente, afetarão no imediato e tempo vindouro ambos os contendores, por muito que os responsáveis queiram minimizar, projetam o encontro a patamar elevadíssimo. A nomeação do experiente e personalizado Artur Soares Dias para vigiar e dirimir a peleja revela, bem, atenção e cuidados não tidos pelo Conselho de Arbitragem da FPF em situações semelhantes num passado recente. O filiado da AF Porto, após período de menor fulgor, nas últimas partidas arbitradas parece caminhar para a sua melhor forma. Ele, mais que ninguém, saberá como a sua prestação será esmiuçada. Quaisquer situações, factos ou decisões não serão imunes a remoques e considerandos justos, mas, sobretudo, impróprios, inadequados e injustificados. Se adotou o espírito generalizado de estudar e analisar as equipas que vai mediar, sendo elemento responsável, atento e sabendo que é nos pormenores que os árbitros fiáveis fazem a diferença, não terá deixado de constatar ilegalidades como lançamentos laterais com uma só mão ou em movimento, pontapés de canto com bola fora do quarto de círculo, já para não falar em grandes penalidades executadas irregularmente, por violação da área antes de tempo. Podem parecer minudências, há até quem tenha a peregrina ideia de argumentar com erradicação da proibição de aproximação à bola por outros jogadores, que não o executante, antes da execução do castigo máximo, porém, não são menores do que aquela que exige aos treinadores manterem-se na sua área técnica. Não zelar pelo cumprimento de normas tão simples reflete laxismo, irresponsabilidade, muito certamente falta de personalidade.

============04 E Editorial_0030 (9294986)============