Opinião

PremiumJorge Coroado

Palradores da Paróquia

Em rasgo de individualidade, ação de desespero ou, somente, corporizando princípio de: "quanto mais longe da nossa baliza melhor", Alfa Semedo, dando sequência a mais uma das inúmeras eficientes intervenções de Odisseas, resgatou e relançou anseios da equipa encarnada na Liga dos Campeões, algo fragilizados com expulsão, por acumulação de cartões amarelos, de Rúben Dias, em decisão disciplinar do árbitro Orel Grinfeld que, apesar dos evidentes transtornos causados ao emblema da Luz, estranhamente e ao contrário do usual, não mereceu comentários ou censurabilidade dos habituais palradores da paróquia! E tão mais estranho foi aquele silêncio quanto a segunda exibição de cartão amarelo decorreu de intervenção notória e objetivamente despida de qualquer ação suscetível de ser considerada negligente, porquanto foi evidente, a todo o instante da jogada, o jogador benfiquista apenas estar focado na bola e já se encontrar com o pontapé de alívio formado quando o adversário Ezequiel Ponce, em velocidade, surgiu por detrás de André Almeida, armando o braço direito para se proteger do natural pontapé que o, por vezes, agressivo Rúben Dias não tinha como evitar. Da pouco assisada decisão do árbitro israelita retém-se, claramente, que não esteve na ação de formação dos árbitros que atuam na LIGA NOS, tão pouco conhece internos contornos do futebol português.

Jorge Coroado

Época "horribilis"

André Moreira (3) [Académica-Tondela] sentiu dificuldades motivadas pela ansiedade classificativa dos contendores e superou-as com tranquilidade e sobriedade. Cosme Machado (2,5) [P. Ferreira-V. Setúbal] cometeu lapsos próprios das suas características intrínsecas, qual ADN, que não lhe permitem registo superior. Fábio Veríssimo (2) [Boavista-FC Porto] evidenciou, bem, inexperiência e extemporaneidade na promoção a internacional: dificuldade na análise de determinados lances, critério difuso na ação disciplinar. João Capela (3,5) [Estoril-Belenenses], observado "in loco", desenhou arbitragem serena, apesar de uma ou outra decisão menos conseguida. João Pinheiro (4) [V. Guimarães-Arouca] exibiu-se de forma muito agradável, equilibrado e sensato. A recuperação dos visitantes nada teve com decisões menos certas.