Só uma certa lata

Joel Neto

Tópicos

Norton de Matos não acredita que haja uma conspiração destinada a despromover um dos clubes madeirenses da I Liga. Ainda bem. Só faltava, por cima de todo o edifício de privilégios de que o futebol madeirense beneficia, que ainda houvesse paranoias desse género. Quanto ao resto, injetar no desporto de competição 13 milhões de euros por ano, numa região com dívida e défice públicos como os da Madeira, é absurdo. A regra deveria ser: desporto amador, o mais possível; desporto profissional, nem um cêntimo. Digo-o em relação à Madeira como em relação aos Açores, onde o investimento é menor, mas a dívida pública - em relação ao PIB - enorme também. Já está para lá da concorrência desleal: é descaramento.

UM GOLPE, SIM

Mas não de vista

Paulo Silas desafia Dunga a olhar para Jonas, e é o mínimo que o selecionador brasileiro pode fazer. Como obtém o Benfica um jogador destes, e a este custo, não sei bem. Não foi scouting nem golpe de vista: foi golpe de sorte. Um grande ponta de lança é sempre um milagre. Jonas é um milagre, e surpreende-me quando leio que é ele o avançado a vender, porque já tem 31 anos. Vieira devia assinar com ele até aos 40.

JOGAR NA ROMÉNIA

Bosman era um menino

Vinte anos depois da Lei Bosman, o futebol romeno continua a fazer do jogadores escravos. Isto num país membro quer da UEFA, quer da União Europeia.