Five O'Klopp!

1 - O jogo estava marcado para as 19h45 (hora Champions), mas na verdade foi às Five O"Klopp! O FC Porto até entrou bem no jogo, mas esse período só durou 20 minutos. A equipa de Sérgio Conceição podia, inclusive, ter marcado primeiro, por intermédio de Otávio, mas depois veio o descalabro... Os rapazes de Jurgen Klopp serviram um verdadeiro Chá das Cinco em pleno Estádio do Dragão!... Nunca os portistas tinham saboreado um chá tão amargo em casa! A diferença foi enorme!... Foi tão grande que até se torna ridículo falarmos de um ou outro erro de arbitragem que prejudicou o FC Porto. Por exemplo, o segundo golo nasce de uma falta que não foi assinalada pelo árbitro italiano e, na segunda parte, James Milner deu tanta fruta que é incrível que tenha terminado o jogo sem ver o cartão amarelo! Mas, como disse, nem vale a pena falar disso... a diferença de qualidade foi brutal. Confesso que não esperava um descalabro destes. Até achava provável que o Liverpool ganhasse o jogo por 1-0, por 2-0, por 3-1... Agora, por 5-0!?! Aquela frente de ataque da formação inglesa, com dois africanos e um brasileiro, encheu-me as medidas. Vejo, principalmente nas redes sociais, os rivais gozarem com esta derrota do FC Porto... Assim como vi o mesmo quando o Benfica foi goleado pelo Basileia (aqui ainda foi mais humilhante porque os suíços não têm, nem de perto nem de longe, a qualidade do Liverpool.) À luz da nossa cultura latina, é normal que isto aconteça. Passa-se o mesmo em Espanha e Itália. Mas esquecem-se todos de algo muito mais importante: quando uma coisa destas acontece, não é apenas muito mau para o clube que sofre essa goleada... é muito mau para todo o futebol português, para a imagem que damos para fora. Mas ninguém parece estar muito preocupado com isto! Aliás, até parece mal estar preocupado com estas coisas!! Somos logo acusados de ser românticos e totós!!! Pois, a mim, pouco me importa que me chamem romântico ou totó. Fico triste e preocupado quando estas coisas acontecem. Tinha acabado de relatar uma vitória categórica do FC Porto, sem cinco titulares, em Chaves. Aí, os dragões fizeram de Liverpool... Para lá do Marão, mandou o Sérgio Conceição! O problema foi depois... Contra o Liverpool, como diria Manuel Machado, o FC Porto foi carne para canhão!

2 - A minha música da semana vai para Sadio Mané, extremo-esquerdo do Liverpool. O senegalês espalhou classe, categoria e magia no Dragão. A letra é adaptada do tema de Julio Iglesias "Me Va, Me Va". Fica assim para o craque do Liverpool, que marcou três golos no Dragão, fez uma assistência e me encheu as medidas:

"Mané, Mané, Mané, Mané, Mané... Marcou três golos... e foi feliz... É Mané, Mané..."

3 - Por falar em Inglaterra: parabéns, Carlos Carvalhal! O treinador português está a fazer um trabalho fantástico no Swansea... Já derrotou o Arsenal e o Liverpool, já distribuiu pastéis de nata numa conferência de Imprensa, já tirou o Swansea da zona de despromoção e está a encantar toda a gente. Carlos Carvalhal está a ter o reconhecimento que merece pela sua grande competência, por ser genuíno e muito boa pessoa. É pena que esse alto reconhecimento esteja a ser feito fora de Portugal, mas também, infelizmente, já é normal que isso aconteça! Força, Carlos Carvalhal. "É Carvalhal... a prestigiar Portugal!"

4 - Portugal, Portugal, Portugal... Campeões da Europa! Agora no futsal. Foi brilhante a participação portuguesa neste Europeu. Parabéns ao Jorge Braz, seleccionador nacional, que sempre acreditou que isto era possível. Parabéns aos jogadores, com destaque para o Ricardinho. O melhor jogador do mundo já merecia ter um título destes no currículo. E, finalmente, parabéns ao presidente da FPF, Fernando Gomes. Em seis anos de presidência, é impressionante o número de títulos alcançados! Fernando Gomes é, de longe, de muito longe, o melhor presidente da história da Federação Portuguesa de Futebol.