Molhos aos molhos

Hat trick de CR7, o ketchup chegou mais cedo desta vez. Do outro lado também houve molho, mas foi com Diego Costa, e não com o habitual fornecedor, Sergio Ramos.

Muitas vezes critiquei Brahimi, mas quero redimir-me. Também eu me perco em fintas quando escrevo, em vez de ser objectiva. O que é dramático aqui, que tenho poucos caracteres. Viram como acabei de desperdiçar uma centena deles falando de um argelino que nem está no Mundial? Para correr atrás do prejuízo vou comentar o jogo de ontem em modo telegráfico. Hat trick de CR7, o ketchup chegou mais cedo desta vez. Do outro lado também houve molho, mas foi com Diego Costa, e não com o habitual fornecedor, Sergio Ramos. Ronaldo é o melhor marcador da prova, podemos acabar já? Ah, não, que o Carlos Queiroz está na frente. DeGea esteve mal, será que também anda a receber WhatsApps de Bruno de Carvalho? Guerreiro devia jogar com tradutor automático, porque às vezes não entende os colegas.

Espanha fez 693 passes. Lopetegui ficou desiludido porque nem todos foram para trás. Gritei várias vezes "Sai da frente, Guedes", mas o míster só me ouviu aos 79. Houve polémica e até um golo precedido de falta. Parecia um jogo da Liga NOS, a diferença é que agora os comentadores dizem que o VAR não presta. O primeiro empate já cá canta, faltam seis! (se calhar desta vez não dá assim, mas não me exijam mais cálculos, sabe Deus como foi difícil subtrair caracteres).