Atendimento prioritário

O CR7 percebeu rapidamente que essa seria a sua melhor jogada ontem. Foi bonito ver o melhor do mundo a ajudar o melhor do jogo

7 minutos. Foi quanto durou o sonho português. Fernando Santos tinha pedido que o país desse as mãos e eu dei. Foi esquisito porque estava a ver o jogo num café e o senhor ao meu lado estranhou. Mas por acaso nasceu ali uma bela amizade. O homem bebeu tanto, para afogar as mágoas, que tive de o acompanhar ao táxi da mesma forma que Ronaldo levou Cavani à linha lateral. O CR7 percebeu rapidamente que essa seria a sua melhor jogada ontem. Foi bonito ver o melhor do mundo a ajudar o melhor do jogo. Na segunda parte, o Uruguai estacionou o autocarro com mais facilidade do que Madonna estaciona em terrenos da CML. Acho mal que não tenham usado videoárbitro no último lance. Pelo menos em Portugal estamos habituados a que o VAR sirva para ajudar a equipa pela qual mais gente torce. Não percebo porque mudaram a regra! O Uruguai, que eu saiba, só tem 3,5 milhões de adeptos. A não ser que o Pedro Guerra tenha (re)feito as contas. Como devem reparar, já reentrei em modo Liga NOS, pronta para embirrar com os rivais de sempre! Mas ainda me sobra alguma embirração para os franceses, por isso cá vai: Força, Uruguai! E até vos digo mais: Portugal, se quisesse, tinha ganho, mas viu as muletas de Óscar Tabárez e deu prioridade ao treinador uruguaio na fila para os quartos de final. Civismo acima de tudo.