Exclusivo Maradona, Reinaldo e Vítor Oliveira - a morte é mesmo cruel

Maradona, Reinaldo e Vítor Oliveira - a morte é mesmo cruel

Não é fácil substituí-lo no mundo. E mais do que um grande treinador, o Vítor era um grande homem que o futebol não estragou. Até sempre, Vítor.

1 - Hotel Takanawa, Tóquio, Japão, 1979, quartel-general da seleção portuguesa que jogava o Mundial Sub 20. O vizinho no hotel era de luxo - a seleção da Argentina, treinada por César Menotti, que tinha como adjunto "um tal" José Pekérman... e onde jogava um rapazinho chamado Diego Armando Maradona. A Argentina viria a vencer esse Mundial - o mesmo que Portugal venceu em 1989, em Riade, e em 1991, em Lisboa - e a tecnologia de ponta japonesa permitiu-nos ver ao vivo esse pequeno génio. Todos os que percebiam de futebol viram que estavam na presença de um génio do futebol mundial.