Premium "Bruno Lage tem margem para tornar as coisas melhores no Benfica"

"Bruno Lage tem margem para tornar as coisas melhores no Benfica"

TÁTICA DO PROFESSOR - Jesualdo Ferreira, cronista de O JOGO, analisa o clássico entre Sporting e FC Porto e considera que o treinador Bruno Lage poderá surpreender no Benfica.

1 - Não vi no clássico de ontem a qualidade de que estava à espera, porque em campo iam estar duas das melhores equipas do futebol português, porque se travava uma batalha na luta pelo título, e porque de um clássico esperamos sempre um bom momento para nos divertirmos, porque o futebol também é diversão. Não aconteceu isso, houve pouca emoção, muito poucas oportunidades de golo, mas vi uma equipa a querer marcar, à procura do golo, com a agressividade que a caracteriza, a disputar cada lance até ao fim, que foi o FC Porto.

O resultado do jogo é justo, mas a haver um vencedor, ficaria muito melhor se fosse o FC Porto, que terminou uma sequência notável de vitórias, entrando para o livro de recordes do futebol português. E não é fácil conseguir um registo assim: 18 vitórias consecutivas é obra. Ao Sporting faltou um meio-campo forte; Bruno Fernandes, porque teve sempre Wendel e Diaby muito lateralizados e longe dele, foi um homem muito só, demasiado exposto, e presa fácil para o adversário, que o soube amarrar muito bem, levando-o mesmo a ficar perto da expulsão.