Premium "Não foi só o tempo de Vitória como treinador do Benfica que chegou ao fim"

"Não foi só o tempo de Vitória como treinador do Benfica que chegou ao fim"

DESCALÇO NA CATEDRAL - O cronista Jacinto Lucas Pires escreve hoje em O JOGO sobre a saída de Rui Vitória do comando técnico do Benfica. No final da prosa, revela quem não quer ver a treinar o seu clube.

É oficial, caros amigos: Luís Filipe Vieira conseguiu o feito inédito de acordar de uma insónia. O iluminado presidente não conseguia adormecer nas bancadas de Portimão mas também não conseguia acordar propriamente - até que, por fim, lá abriu os olhos. Não foi fácil. Foi preciso marcarmos dois autogolos, perdermos por dois com o Portimonense, e perdermos o nosso mestre matador para o jogo com o Rio Ave. Não foi fácil, não, mas finalmente Vieira viu o que o mundo inteiro já tinha visto. Talvez o presidente pudesse aproveitar o momento para ensaiar uma autocrítica e perceber que não foi só o tempo de Vitória como treinador do Benfica que chegou ao fim...