Premium Um até já a este fim de mundo

Filipe Alexandre Dias

Tópicos

Uma época de muitos casos no futebol.

Quem se preocupa com o nosso futebol, está a confundir muitos dos seus protagonistas com alguém que se preocupa. Tivemos mais um campeão não reconhecido e ainda falta a final da Taça (ai, esses afiares de facalhão...), mas foi mais uma temporada no inferno digna de Rimbaud - o caos como expressão máxima de vida, a polémica como nosso pão com manteiga.

Foram estofos morais de pacotilha em gritos de quem apaga o histórico, como se fôssemos lorpas amnésicos, e dichotes de quem limpa o disco como convém. Foi o clamor despeitado de quem está atrás, contra a altivez de quem vai à frente e exige respeito. Foram táticas de secretaria, a procura de, sempre por fatores externos, estafar desculpas para intoxicar o povão e evitar um acerto de passo às mãos deste.