Exclusivo O poço da morte na Ilha de Man

FOLHA SECA - Um artigo de opinião de Carlos Tê.

Portugal parece ter-se apaixonado por motos. Ao fim de semana, há cada vez mais bombas de alta cilindrada rugindo em fila pelas ruas e junto às zonas balneares. Há quem fale num efeito Miguel Oliveira, um novo herói nacional apontando ao trono de Ronaldo.

Lembro-me da história dum médico que, perante o pedido do filho para ter uma moto, levou-o à unidade de traumatizados do Hospital de Santo António para o demover, mas o apelo da vertigem foi maior. Quem a tem, sorri com os olhos ao falar da sensação de liberdade, do toque epidérmico com o vento, do sentido comunitário que junta motoqueiros em Faro todos os anos num relaxado Easy Rider de classe média.