Premium Keizer precisa de tempo e há quem veja nisso um problema

Keizer precisa de tempo e há quem veja nisso um problema

Sporting não encanta mas recuperou o hábito de ganhar

O Sporting conseguiu a oitava vitória consecutiva, sétima na I Liga, superando o encantador registo que se seguiu à chegada de Marcel Keizer. Com ideias diferentes, proveniente de outra escola de futebol, o holandês agitou as águas, a equipa fez golos, praticou um futebol vivo, dinâmico, empolgante. A série de sucesso foi interrompida em Guimarães a dois dias do Natal, seguindo-se um período difícil, com nova derrota em Tondela. Foi como se o encanto se tivesse quebrado de repente, dando lugar a dúvidas e incertezas que nem a vitória na Taça da Liga dissipou. Enquanto muitos falavam dele - nas costas dele! -, Keizer continuou a trabalhar e, mesmo sem a fantasia das primeiras aparições, a equipa reentrou nos eixos, eliminou o Benfica da Taça de Portugal e recuperou a rotina de ganhar. Sinal de que o treinador percebeu melhor o que por cá se passa, como por cá tinham percebido antes como o contrariar. Nesta altura em que o Ajax prova que é possível fazer mais com menos dinheiro, Keizer precisa de tempo. Há quem veja nisso um problema.