As cabeças ocas dos cartolas

António Pires

Tópicos

Os avisos do que aí vinha eram conhecidos. Bastava ter estado atento ao que se passa na China desde janeiro, onde começou a pandemia Covid-19, assim declarada pela OMS na quarta-feira. Os chineses começaram a travar a progressão do coronavírus com medidas drásticas. Cá, até há pouco, esta era "só" mais uma gripe. Até que, na rica Itália do norte, onde estão os melhores médicos e hospitais, a situação se descontrolou. O país fechou portas, mas ontem foi batido o máximo de mortos num só dia... Entretanto, jogou-se futebol. A Serie A só parou segunda-feira; a UEFA assobiava para o lado. Roma e Inter só não jogaram anteontem porque a Espanha impediu as viagens entre os dois países. Nuno, técnico dos Wolves, pôs o dedo na ferida: "Estamos a jogar quando há tanta gente a morrer. É absurdo." Acrescentaria: temos um desafio a ganhar e não tem claques, clubes ou cartolas.

Cartola: "Dirigente de clube desportivo, tido geralmente como pessoa que se aproveita da sua situação para obter privilégios e ganhos", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa