Tarjas, cânticos e lenços brancos. Centenas de adeptos pediram a demissão de Bruno

Tarjas, cânticos e lenços brancos. Centenas de adeptos pediram a demissão de Bruno

Meio milhar de sportinguistas insurgiu-se, durante cerca de quase duas horas, junto ao edifício Visconde, no estádio José Alvalade, contra o clima de tensão que está instalado no clube, pedindo por isso a demissão de Bruno de Carvalho e a convocação de eleições. Entre tarjas, cânticos e lenços brancos, o protesto não passou, de todo, despercebido e teve como principais rostos alguns dos opositores à atual gestão, por exemplo ex-candidatos à presidência como Pedro Madeira Rodrigues (2017) e Carlos Severino (2013).