Conferência O JOGO: "No último Mundial, sete atletas passaram pelas seleções distritais da AF Porto"

Conferência O JOGO: "No último Mundial, sete atletas passaram pelas seleções distritais da AF Porto"
Melo Rosa

Tópicos

O Fórum Cultural de Ermesinde foi palco da 1.ª conferência do jornal O JOGO, intitulada "futebol de formação: presente e futuro". Cerca de 300 pessoas assistiram ao evento que contou com o apoio da Câmara Municipal de Valongo - representada por Paulo Esteves Ferreira, vereador do desporto - e que, distribuído por três painéis, juntou vários agentes do futebol, como Vítor Murta e José Neves, presidentes do Boavista e da AF Porto, respetivamente, José Guilherme, responsável da FPF, e os coordenadores da formação do FC Porto e do Braga, Filipe Ribeiro e Hugo Vieira.

O segundo painel, que também contou com as participações de José Manuel Soares, presidente do Valadares, e Paulo Esteves Ferreira, vereador da Câmara de Valongo, foi animado pelas intervenções dos presidentes do Boavista e da AF Porto, Vítor Murta e José Manuel Neves. Murta defendeu que "o sucesso da Seleção Nacional é conseguido pelo trabalho dos clubes, mas há uma fatura a pagar no final do mês".

"O Boavista recebe cerca de 200 mil euros da UEFA, mas isso é uma pequena migalha para a formação", alertou, indicando mais dificuldades. "Somos utentes da Câmara Municipal do Porto, mas pagámos para ter campos para a formação treinar. Temos uma formação digna, mas com muitas dificuldades", salientou, orgulhando-se por ter uma formação que está "no topo do topo".

Já José Neves enalteceu o facto de a AF Porto ter "uma base de muita proximidade com os clubes para que a formação dê frutos, como aconteceu no último Mundial, em que sete atletas passaram pelas seleções distritais" da associação que lidera. Também a AF Porto precisa de "mais recursos para continuar este caminho".