Casa Pia regressa ao principal escalão 83 anos depois: as imagens dizem tudo

Casa Pia regressa ao principal escalão 83 anos depois: as imagens dizem tudo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

O Casa Pia consumou este domingo, com o triunfo por 5-1 em casa do Leixões, o regresso à elite do futebol português, 83 anos depois da sua única participação (1938/39), alcançando o feito com o melhor registo de golos sofridos nesta edição da Liga SABSEG.

A subida direta ao primeiro escalão, reservada apenas aos dois primeiros classificados da II Liga, foi discutida taco a taco até à derradeira ronda com Rio Ave e Chaves, mas os gansos conseguiram lograr o regresso do histórico clube lisboeta.

A única participação do Casa Pia na I Liga remonta à longínqua temporada 1938/39, a primeira sem a designação de Liga Experimental, na qual terminou no último lugar, com apenas dois pontos totalizados, resultantes de somente um triunfo e 13 derrotas.

Agora, 83 anos depois, os comandados pelo treinador Filipe Martins estiveram sempre nos lugares de topo da II Liga e, aliando a grande consistência defensiva a um ataque irreverente, confirmaram a subida em Matosinhos.

O escasso número de golos sofridos durante a prova (22) deveu-se, sobretudo, ao esquema tático composto por três centrais - o maltês Zach Muscat, o capitão Vasco Fernandes e o bósnio Nermin Zolotic -, à frente do muito experiente guarda-redes Ricardo Batista.