Covid-19: eis os 100 futebolistas e dirigentes atingidos pelo vírus

Covid-19: eis os 100 futebolistas e dirigentes atingidos pelo vírus

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

Entre futebolistas, dirigentes e elementos das equipas técnica ou médica, já mais de 100 pessoas acusaram positivo em testes de Covid-19. Muitos preferem manter o anonimato e outros não terão sido noticiados. Para além dos 20 elementos que estão na galeria de fotografias, aqui fica a lista de outras 82 pessoas ligadas profissionalmente ao futebol (no ativo) que, às 17h00 de 26 de março, tinham sido atingidas pelo vírus.

FUTEBOLISTAS

Sampdória (Itália): Omar Colley, Albin Ekdal, Antonio La Gumina, Morten Thorsby, Bartosz Bereszyński, Fabio Depaoli, Edgar Barreto

Fiorentina (Itália): German Pezzella, Dusan Vlahovic

Hellas Verona (Itália): Mattia Zaccagni

Reggio Audace (Itália): Alessandro Favalli

Pianese (Itália): King Udoh, Gabriele Vavassori, Andrea Fontana, Lorenzo Sarini

Vis Pesaro (Itália): Andrea Tessiore

Brighton (Inglaterra): 1 jogador não identificado

Portsmouth (Inglaterra): James Bolton, Andy Cannon, Sean Raggett, Haji Mnogaand, Ross McCrorie

Rangers (Escócia): Ross McCrorie

Paderborn (Alemanha): Luca Kilian

Eintracht (Alemanha): 2 jogadores não identificados

Hertha (Alemanha): Max Mittelstad

Hannover (Alemanha): Timo Hubers e Jannes Horn

Nuremberga (Alemanha): Fabian Nurnberger

Holstein Kiel (Alemanha): Stefan Thesker

Troyes (França): 1 jogador da formação não identificado

Auxerre (França): 1 jogador da formação não identificado

Valência (Espanha): 7 jogadores não identificados

Elche (Espanha): Jonathas

Espanhol (Espanha): Leandro Cabrera, Matías Vargas + 3 jogadores nao identificados

Alavés (Espanha): 3 jogadores não identificados

Girona(Espanha): 1 jogador não identificado

Talavera (Espanha): Iván Buigues

Odense (Dinamarca): Ryan Laursen

Meizhou (China): Dori

DIRIGENTES, TREINADORES E OUTRAS FUNÇÕES

Fiorentina (Itália): Stefano Dainelli (fisioterapeuta)

Sampdória (Itália): Amedeo Baldari (médico)

Novara (Itália): Maurizio Rullo (proprietário)

Mantova (Itália): Enrico Ballardini (médico)

Virtus Entella (Itália): 1 elemento não identificado

Aston Villa (Inglaterra): Alex Butler (massagista)

Leganés (Espanha): Martin Ortega (diretor-geral)

Alavés (Espanha): 7 elementos da equipa técnica não divulgados

Valência (Espanha): Juan Aliaga (médico), Paco Camarasa (delegado)

Barcelona (Espanha): André Curie (observador), Ramon Canal (médico)

Girona (Espanha): 1 dirigente não identificado

Federação da Sérvia: Slavisa Kokeza (presidente), Marko Pantelic (vice)

Inter (Brasil): Marcelo Medeiros (presidente), Humberto Busnello (vice-presidente)

Grémio (Brasil): Romildo Bolzan (presidente), Marco Bobsin, Cláudio Oderich (vice-presidentes), Eduardo Fernandes (assessor)

Ludogorets (Bulgária): Kiril Domuschiev (presidente)

New York: City FC (Estados Unidos): 1 dirigente não identificado