Problemas gastrointestinais impedem quatro lusos de treinar para oitavos de final do Europeu'2021

Problemas gastrointestinais impedem quatro lusos de treinar para oitavos de final do Europeu'2021
Redação com Lusa

Tópicos

Alexandre Ferreira, André Lopes, Filip Cveticanin e André Marques, com queixas gastrointestinais.

Os jogadores da seleção portuguesa de voleibol Alexandre Ferreira, André Lopes, Filip Cveticanin e André Marques, com queixas gastrointestinais, falharam este sábado o treino de preparação para o jogo com os Países Baixos, dos oitavos de final do Europeu'2021.

Os quatro jogadores foram acometidos durante a noite de fortes cólicas, que os impediram de dormir, e ficaram a descansar no hotel, sob a supervisão do médico Ricardo Aido, que atribui a situação a uma provável "contaminação alimentar".

"Ao final da manhã, os jogadores, que não chegaram a ter febre, já apresentavam significativas melhoras, mas deverão ainda continuar, assim como os restantes colegas, sob vigilância", referiu o médico Ricardo Aido à agência Lusa.

O treino, sem os quatro elementos, decorreu num recinto de apoio da Ergo Arena, em Gdansk, com capacidade para cerca de 11.400 espetadores, onde no domingo Portugal defrontará os Países Baixos, para os oitavos de final do Europeu'2021.

Portugal assegurou a inédita presença nos oitavos com a quarta posição do grupo A, que decorreu em Cracóvia, com duas vitórias, frente à Bélgica (3-2) e à Grécia (3-1), e três derrotas, com a anfitriã Polónia (3-1), Ucrânia (3-2) e Sérvia (3-1).

Os jogos dos oitavos de final do Europeu2021 decorrem em Gdansk, na Polónia, e em Ostrava, na República Checa, depois de uma primeira fase repartida por quatro países. Polónia (grupo A), República Checa (B), Finlândia (C) e Estónia (D).