Portugal perde na negra e falha final da Silver League de voleibol feminino

Portugal perde na negra e falha final da Silver League de voleibol feminino
Redação com Lusa

Tópicos

A seleção portuguesa irá discutir o terceiro lugar do pódio com o derrotado do jogo que opõe a anfitriã Eslovénia à Bósnia-Herzegovina, com início às 20h00 (19h00 em Lisboa).

A seleção portuguesa feminina de voleibol perdeu esta sexta-feira por 3-2 com a Áustria, em Maribor, na Eslovénia, e falhou a presença na final da European Silver League, que apura o vencedor para a Golden League.

Portugal, que irá discutir o terceiro lugar do pódio com o derrotado do jogo que opõe a anfitriã Eslovénia à Bósnia-Herzegovina, com início às 20h00 (19h00 em Lisboa), perdeu pelos parciais de 23-25, 25-23, 25-22, 20-25 e 6-15.

Depois de ter terminado no primeiro lugar o grupo de qualificação para a final four, a seleção portuguesa, orientada por João José, deixou escapar na negra a possibilidade de discutir o troféu, após na última edição ter terminado em último.

A cometer erros em momentos cruciais, principalmente no serviço, e sem conseguir imprimir o seu jogo, a seleção lusa perdeu o primeiro parcial, que liderou no início (6-4), mas durante o qual esteve sempre em desvantagem, por 25-23, em cerca de 28 minutos.

No segundo set, durante o qual se lesionou no joelho esquerdo a oposto Margarida Maia, Portugal entrou melhor e cedo construiu uma vantagem de três pontos, aos 7-4, anulada pela Áustria, aos 10-10, que passou para a frente aos 11-10.

A seleção lusa, a atuar em crescendo, esteve em desvantagem até aos 22-19, altura em que, com um parcial de cinco pontos consecutivos, passou para a frente, aos 24-22, e fechou o parcial aos 25-23, em cerca de 30 minutos.

O início do terceiro parcial foi equilibrado até aos 4-4, altura em que, com um parcial de cinco pontos consecutivos, a seleção lusa abriu para uma vantagem confortável (9-4), que manteve e geriu praticamente até ao final.

A Áustria ainda reagiu e aproximou-se até à diferença mínima, aos 23-22, com um parcial de 8-2, mas a seleção portuguesa não vacilou nos momentos decisivos e fechou o parcial aos 25-22, em cerca de 28 minutos, ficando a vencer por 2-1.

O quarto "set" foi equilibrado até aos 12-12, mas o acumular de erros lusos levou a que a Áustria abrisse para uma vantagem de três pontos, aos 18-15, que geriu e alargou já no final para cinco e que lhe permitiu fechar aos 25-20, em cerca de 25 minutos.

Portugal entrou mal no quinto e último parcial, em que congelou nos 5-3, permitindo à seleção austríaca passar para a frente com um parcial de nove pontos consecutivos (12-5), que lhe permitiu fechar o jogo aos 15-6, em cerca de 15 minutos.