Portugal parte para o Europeu com o objetivo de passar à fase seguinte

Portugal parte para o Europeu com o objetivo de passar à fase seguinte

Selecionador Hugo Silva reconhece que França, Bulgária e Itália são de outro patamar e por isso vai "apostar tudo" contra Grécia e Roménia.

Após o miniestágio na República Checa, que incluiu dois jogos amigáveis com a seleção local, a Seleção Nacional de voleibol viaja esta terça-feira para a cidade francesa de Montpellier, onde quinta-feira inicia, frente à Itália, a participação na fase final do Campeonato da Europa, que se realiza pela primeira vez em quatro países: França, Eslovénia, Bélgica e Holanda, de 12 a 29 de Setembro de 2019.

Portugal vai disputar o grupo A na fase de grupos, juntamente com a Itália, número 3 do ranking mundial e quinta classificada nas últimas edições do Mundial e do Europeu, a França, vice-campeã da Liga das Nações de Voleibol (VNL) e a Bulgária, uma das mais fortes representantes da escola de Leste. Completam o grupo de seis equipas as seleções da Grécia e da Roménia.

Hugo Silva, selecionador nacional, formulou o desejo de "continuar a fazer história". "Aquilo que conseguimos foi conseguido com muito sacrifício. Estes jogadores lutaram muito, e não queremos dar um passo atrás. Queremos passar à fase seguinte e fazer o melhor possível para deixarmos uma boa imagem de Portugal no Europeu", afirmou, fazendo já uma antevisão do que vai encontrar em Montpellier.

"Primeiro de tudo, é uma incógnita, o momento de forma com que vamos chegar a este Europeu comparado com o nível com que acabámos a Liga da Nações de Voleibol [VNL]. A Itália, a Bulgária e a França são três equipas que não pararam desde maio, uma vez que após a VNL disputaram os torneios de qualificação olímpica. Para além do seu valor, estas seleções têm essa enorme vantagem de se encontrarem a um ritmo máximo e de excelência da sua preparação. A Grécia e a Roménia são equipas que fizeram uma qualificação muito tranquila e ao mesmo tempo com muita qualidade. Eu diria que são equipas mais do nosso nível", considerou, acrescentando que "após os três primeiros jogos [Itália, Bulgária e França] vamos apostar tudo nos dois últimos [Grécia e a Roménia], acreditando que vamos estar mais próximo daquilo que queremos".

Atletas convocados

ZONAS 4
Alexandre Ferreira (Aluron Warta Zawiercie, Polónia)
João Simões (Sporting)
Lourenço Martins (Sporting de Espinho)
Miguel Cunha (VC Viana)

DISTRIBUIDORES
Miguel Rodrigues (Rennes Volley, França)
Tiago Violas (Benfica)

CENTRAIS
Filip Cveticanin (Benfica)
Phelipe Martins (Sporting de Espinho)
Nuno Teixeira (VC Viana)
Guilherme Menezes (Sporting de Espinho)

OPOSTOS
Marco Ferreira (Sporting de Espinho)
Bruno Cunha (VC Viana)

LÍBEROS
João Fidalgo (Sporting)
Januário Silva (Sporting de Espinho)