Miguel Maia confirma saída do Sporting, mas vai continuar a jogar

Miguel Maia confirma saída do Sporting, mas vai continuar a jogar
Redação

Tópicos

Distribuidor recusa, para já, um cargo diretivo na secção de voleibol dos leões

Miguel Maia confirmou esta terça-feira que está de saída do Sporting, clube que representava desde 2017 aquando do regresso do leão à modalidade, emblema de que tinha feito parte entre 1991 e 1994.

"Sei do meu contributo e empenho para que o voleibol regressasse ao clube 23 anos depois e, por isso, tenho que agradecer à Direção liderada pelo ex-presidente Bruno de Carvalho que confiou em mim e no projeto do regresso do voleibol ao clube. Tinha feito um acordo com a Direção liderada por ele para que, após terminar a carreira de atleta, ficasse a liderar o projeto do voleibol. No entanto, e porque me sinto ainda com capacidades de continuar a dar o meu contributo como atleta, decidi que ainda não é o momento de colocar ponto final à minha carreira de atleta. Irei continuar a jogar, mas já não será no meu Sporting", justifica nas redes sociais Miguel Maia, que no próximo dia 23 de abril comemora o 50.º aniversário, anunciando continuar a jogar.

"Estou triste a escrever esta mensagem porque vou deixar de estar num sítio que amo. Mas a vida é mesmo assim e temos que estar preparados. Os últimos dias têm sido de noites em claro, pelo vazio muito grande que começo a sentir por não poder estar mais no palco de sonho que sempre idealizei e me habituei a estar dia após dia. Tenho a certeza que um dia vou regressar e estarei sempre disponível para ajudar o clube para o que for preciso", finaliza Maia.

O provável destino do distribuidor será a Académica de Espinho, onde joga o filho.