Uma prova atribulada em Tóquio: "Levei uma cotovelada e pensei que tinha perdido o olho"

Uma prova atribulada em Tóquio: "Levei uma cotovelada e pensei que tinha perdido o olho"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

O britânico Hector Pardoe levou uma cotovelada na prova dos 10 km de águas abertas.

Hector Pardoe, nadador britânico, foi em Tóquio'2020 vítima de uma das habituais cotoveladas nas provas de águas abertas, mas a verdade é que não ficou nada bem tratado.

"Na minha última volta levei uma cotovelada e pensei que tinha perdido o olho. Até perdi os óculos", começou por explicar.

"Sempre tive a esperança de que se isto me acontecesse ficaria em condições de continuar, mas nem sequer consegui recuperar os óculos", continuou, antes de explicar a razão para ter saído da água.

"Não via nada e pensei que o meu olho tinha caído na água. Fui ter com os socorristas e gritei "o meu olho, o meu olho. Está bem?". Eles não me respondiam e então decidi sair da água", concluiu.