Hend Zaza, a mais jovem mesatenista olímpica, despede-se dos Jogos

Hend Zaza, a mais jovem mesatenista olímpica, despede-se dos Jogos
Redação com Lusa

Tópicos

Atleta de apenas 12 anos, Hend Zaza deixou Tóquio2020 este sábado na ronda preliminar.

A síria Hend Zaza, que, com 12 anos, é a mais jovem atleta de Tóquio2020, caiu este sábado na ronda preliminar do torneio feminino de ténis de mesa, ao perder por 4-0 diante da austríaca Liu Jia.

Apesar da derrota por 11-4, 11-9, 11-3 e 11-5 diante da veterana de 39 anos, Hend Zaza já faz parte da história dos Jogos Olímpicos como a mesatenista mais nova de sempre a competir no evento.

Nascida em 01 de janeiro de 2009, a prodígio síria é também a mais jovem atleta olímpica em 52 anos, sucedendo a Beatrice Hustiu que, em 1968, com apenas 11 anos, competiu na patinagem artística nos Jogos Olímpicos de Inverno.

Hend Zaza já tinha feito história ao garantir o apuramento para Tóquio2020 no torneio de qualificação olímpica do sudoeste asiático, frente à libanesa Mariana Sahakian, tornando-se na primeira representante de sempre do seu país nos torneios olímpicos de ténis de mesa.

Na sexta-feira, foi a porta-estandarte da Síria na Cerimónia de Abertura, outra "honra" na sua precoce, mas já profícua carreira, "construída" num país em guerra.