Ginástica artística: Sunisa Lee confirma hegemonia dos EUA no concurso completo

Ginástica artística: Sunisa Lee confirma hegemonia dos EUA no concurso completo
Redação com Lusa

Tópicos

A vitória de Sunisa Lee mantém o ouro olímpico no concurso completo feminino na posse dos Estados Unidos.

A ginasta norte-americana Sunisa Lee manteve a tradição de domínico dos Estados Unidos - desfalcados da superestrela Simone Biles - no concurso completo olímpico de ginástica artística, ao conquistar a medalha de ouro em Tóquio'2020.

Sunisa Lee, de apenas 18 anos, sucedeu a Biles na galeria de campeãs olímpicas, ao terminar a final com um total de 57,433 pontos, impondo-se à brasileira Rebeca Andrade (57,298) e à russa Angelina Melnikova (57,199), que conquistaram a medalha de prata e de bronze, respetivamente.

A vitória de Sunisa Lee mantém o ouro olímpico no concurso completo feminino na posse dos Estados Unidos, que antes tinham vencido o all-around em Atenas'2004, Pequim'2008, Londres'2012 e Rio'2016, este último conquistado por Biles, que abdicou de defender o título em Tóquio por razões de ordem psicológica.