Fernando Pimenta: "Queria mais, sonhei com mais, mas estou super feliz"

Fernando Pimenta: "Queria mais, sonhei com mais, mas estou super feliz"
Redação

Tópicos

Limiano arrecadou a medalha de bronze na final de K1 1000 metros, reconhecendo o poderio da dupla húngara, agradecendo o apoio e mostrando a intenção de continuar até aos Jogos de 2032!

Sensação: "Acima de tudo sinto-me feliz. Os dois húngaros foram mais rápidos, mais fortes. Eu também dei o meu melhor. Isso é o mais importante, sair daqui com a consciência super tranquila, num ciclo olímpico em que estive sempre nas medalhas em Mundiais e Europeus. Fui o atleta mais regular. A minha carreira ainda agora começou, tenho de continuar a trabalhar mais e melhor, criar o sonho nos mais novos. Estou super feliz, claro que queria vencer, ainda mais depois de ganhar uma semifinal a gerir."

Futuro: "Foi uma prova muito rápida. Eu sei que havia o sonho de o Pimenta ser campeão olímpico. Ainda não acabou, falta um ciclo olímpico e o Pimenta está aqui para as curvas. Ainda quero voltar, mais quatro a oito anos. Já comecei a pensar em 2032, na Austrália. Enquanto tiver disponibilidade física e mental, os portugueses podem contar comigo. É a palavra que quero deixar. Agradeço aos portugueses, ao meu treinador, à estrutura da federação, ao Benfica, a todos os limianos, ao clube Náutico de Ponte de Lima, ao município, à minha família e à Margarida."

Apoio: "Recebi mensagens de pessoas de quem não pensava receber e que me têm incentivado, com os 'prints' dos seus despertadores. Queria mais, sonhei com mais, preparei-me para chegar aqui, lutei pelo ouro, os dois húngaros foram mais fortes. Portugal já soma três medalhas e penso que ainda podem vir mais. Espero que os portugueses que ainda estão em ação consigam trazer excelentes resultados, mas acima de tudo desfrutem."