Espanha e Eslovénia vencem no basquetebol com Doncic em destaque

Espanha e Eslovénia vencem no basquetebol com Doncic em destaque
Redação com Lusa

Tópicos

A Espanha e a estreante Eslovénia estrearam-se no basquetebol masculino dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 com vitórias.

A Espanha, medalha de bronze no Rio2016, e a estreante Eslovénia iniciaram esta segunda-feira o torneio de basquetebol masculino dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 com triunfos no Grupo C, num dia marcado pelo "festival" do base Luka Doncic.

Os espanhóis, finalistas vencidos (e medalhas de prata) em 1984, 2008 e 2012, comprovaram o favoritismo e bateram o anfitrião Japão, por 88-77, enquanto a Eslovénia venceu a experiente Argentina, "ouro" em Atenas2004, por 118-100, com 48 pontos de Doncic.

O jogador Dallas Mavericks, que já "levava" 31 ao intervalo, passou a ser o segundo jogador na história do torneio de basquetebol dos Jogos Olímpicos com mais pontos marcados num jogo, igualando a marca do australiano Eddie Palubinskas, alcançada em Montreal1976, numa lista que continua a ser liderada pelo brasileiro Óscar Schmidt, que fez 55 em Seul1988.

Na Saitama Super Arena, no norte de Tóquio, os 20 pontos e nove assistências do base Ricky Rubio e um parcial de 19-0 no segundo período foram determinantes para o triunfo espanhol e para o desaire da equipa japonesa, que não disputava o torneio de basquetebol masculino desde Montreal1976.

Com 48-28 ao intervalo, na segunda parte, o Japão ainda recuperou algum terreno, com Rui Hachimura (20 pontos) e Yuta Watanabe (19 pontos e oito ressaltos) em destaque, mas a diferença entre as duas equipas nunca baixou dos 10 pontos e o triunfo da Espanha, que foi poupando as suas principais figuras, nunca esteve em risco.

Horas antes, Doncic deu espetáculo na estreia da Eslovénia, perante uma Argentina que está longe do nível apresentado em edições anteriores dos Jogos Olímpicos e que ao intervalo já perdia por 62-42.

Além de Doncic, destaque nos eslovenos para os 22 pontos de Klemen Prepelic, os 11 pontos e 14 ressaltos de Mike Tobey e os 12 pontos de Vlatko Cancar.

Nos argentinos, os melhores foram o veterano Luis Scola, um dos campeões de Atenas2004, a disputar pela quinta vez os Jogos, com 23 pontos, e o base Facundo Campazzo, com 21 pontos, seis ressaltos e quatro assistências.