Brasil começa bem no voleibol masculino, Irão surpreende Polónia

Brasil começa bem no voleibol masculino, Irão surpreende Polónia
Redação com Lusa

Tópicos

Para o grupo B, os campeões só precisaram de uma hora e 21 minutos para superar a Tunísia, representante africano em Tóquio, por 3-0, com os parciais de 25-22, 25-20 e 25-15.

O Brasil, campeão olímpico de voleibol masculino, iniciou bem a defesa do título nos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020, enquanto a Polónia, o outro grande favorito do torneio, foi hoje surpreendido pelo Irão.

Para o grupo B, os campeões só precisaram de uma hora e 21 minutos para superar a Tunísia, representante africano em Tóquio, por 3-0, com os parciais de 25-22, 25-20 e 25-15.

Na Ariake Arena de Tóquio, a seleção verde e amarela foi superiormente liderada pelo carismático Bruno, nos passes, com Wallace a ser o melhor finalizador, com 13 pontos, tantos quantos averbou o tunisino Wassim Ben Tara.

Ainda no grupo B, a França acabou por ser presa fácil para os Estados Unidos, que ganharam o encontro por três sets sem resposta, com os parciais de 25-18, 25-18 e 25-22.

Taylor Sander, com 15 pontos, comandou os medalhados de bronze de há cinco anos, que parecem continuar com bons 'argumentos' para apontar de novo ao pódio.

Quanto aos russos, também começaram a ganhar, superando a argentina por 3-1, num jogo em que Bruno Lima chegou aos 18 pontos.

Os argentinos começaram por surpreender, com 25-21, mas depois acabaram por ceder ante uma das mais históricas seleções da modalidade, se bem que aqui identificados sem a bandeira russa. Os parciais seguintes foram de 25-23, 25-17 e 25-21 para os russos.

No grupo A, arranque 'em falso' para o voleibol polaco, duplo campeão do mundo, em 2014 e 2018. O Irão bateu-se muito bem e impôs-se por 3-2, num jogo que poderia ter 'caído' para os dois lados e só foi decidido no quinto 'set' com 23-21.

Os parciais do mais equilibrado dos encontros do primeiro dia do torneio olímpico foi de 18-25, 25-22, 25-22, 22-25, 23-21.

O arranque da Itália, vice-campeã no Rio2026, foi igualmente complicado, já que teve de recuperar de uma desvantagem de dois 'sets' para finalmente ganhar por 3-2 ao Canadá, enquanto o Japão se 'desembaraçou' da Venezuela por 3-0 e é líder isolado do grupo.

Os nipónicos estão com três pontos e são seguidos por Itália e Irão (2), Polónia e Canadá (1) e Venezuela (0).

No grupo B, Brasil, Estados Unidos e russos estão com três pontos, França, Tunísia e Argentina ainda não pontuaram.

Segunda-feira o programa inclui, no grupo A, os jogos Irão-Venezuela, Polónia-Itália e Japão-Canadá. O grupo B segue com Brasil-Argentina, Comité Olímpico Russo-Estados Unidos e França-Tunísia.