Angola perde com Países Baixos no torneio de andebol feminino

Angola perde com Países Baixos no torneio de andebol feminino
Redação com Lusa

Tópicos

A seleção angolana, orientada pelo antigo internacional português Filipe Cruz, de 51 anos, que se notabilizou no ABC, atingiu o intervalo a perder apenas por dois golos (17-15), mas a seleção holandesa disparou no marcador na segunda parte.

A seleção dos Países Baixos venceu por 37-28 a congénere de Angola, para o torneio feminino de andebol dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, que somou a terceira derrota em três jogos realizados no Grupo A da fase preliminar.

A seleção angolana, orientada pelo antigo internacional português Filipe Cruz, de 51 anos, que se notabilizou no ABC, atingiu o intervalo a perder apenas por dois golos (17-15), mas a seleção holandesa disparou no marcador na segunda parte.

A equipa dos Países Baixos, mais eficaz nas várias ações de jogo e a tirar partido do desacerto ofensivo das angolanas, que até remataram mais, quebrou a resistência inicial e acabou por vencer por nove tentos (37-28).

A angolana Isabel Guialo, com oito golos, foi a melhor marcadora da partida, embora a holandesa Bo van Wetering, com sete em sete remates, tenha sido a mais eficaz, seguida de perto pela sua compatriota Lois Abbingh, com seis, e Albertina Kassoma, com cinco.

A seleção dos Países Baixos segue invicta na liderança do Grupo A, com seis pontos e mais um jogo do que a Noruega, segunda, com quatro, enquanto Angola é sexta e última posicionada, ainda sem qualquer ponto, tal como a Coreia do Sul, quinta.