João Sousa vai fazer uma pausa, para treinar e refletir

João Sousa vai fazer uma pausa, para treinar e refletir
Manuel Pérez

Tópicos

Melhor tenista português de sempre não vai jogar o challenger de Zagreb, prolongando os treinos em Barcelona

Consciente da crise de resultados que está a viver, João Sousa continua a treinar em Barcelona, preparando-se para os próximos torneios - vai ter Roland Garros como ponto alto -, abdicando de participar, na próxima semana, no ATP Challenger de Zagreb.

"Depois do Millennium Estoril Open estávamos a precisar de um descanso algo mais prolongado e de preparar melhor as semanas que aí vêm", explicou Sousa a O JOGO, confirmando o regresso no "qualifying" do ATP250 de Lyon (dia 15) e esperando poder "disputar logo a seguir o qualifying de Parma, pois é sinal de que também consegui entrar no quadro principal de Roland Garros".

O treinador Frederico Marques foi mais específico relativamente a esta pausa competitiva: "Estamos a trabalhar em Barcelona com toda a equipa técnica e estamos outra vez bem encaminhados. Às vezes é preciso parar, refletir e fazer algumas alterações para poder ter resultados distintos".

Em Zagreb vão estar Pedro Sousa e Frederico Silva, tendo o caldense perdido ontem nos quartos de final do challenger de Praga, no 600.º encontro (390v/210d) da carreira.

Num future em Madrid, Nuno Borges venceu o encontro 200 (148/52) e atingiu as meias-finais.