João Sousa sobe à 37ª posição

João Sousa sobe à 37ª posição

O português subiu três posições em relação à semana passada, enquanto o francês Jo-Wilfried Tsonga, vencedor em Toronto, regressou ao "top-10".

João Sousa, que não passou da primeira ronda no torneio Masters 1000 canadiano, perdendo com o letão Ernest Gulbis, ficou a duas posições de igualar a melhor classificação de sempre de um português (35.º), que ele próprio atingiu a 14 de julho deste ano.

Atrás do jogador de Guimarães, de 25 anos, Gastão Elias é o segundo melhor português e manteve o 142.º lugar, seguindo-se Rui Machado (257.º) e Pedro Sousa (312.º).

A alteração mais significativa da semana foi protagonizada por Tsonga, que saltou cinco posições, para décimo, depois de derrotar o sérvio Novak Djokovic, o britânico Andy Murray, o búlgaro Grigor Dimitrov e o suíço Roger Federer em Toronto.

Djokovic continua a liderar a classificação, à frente do espanhol Rafael Nadal e de Federer.

Na classificação feminina, a norte-americana Serena Williams continua a liderar de forma incontestada, agora à frente da romena Simona Halep, que subiu à segunda posição, por troca coma chinesa Li Na. Realce ainda para o regresso ao "top-20" da mais velhas das irmãs Williams, Venus, depois de ter sido finalista no torneio de Montreal, ganho pela polaca Agnieszka Radwanska (5.º).

Michelle Larcher de Brito, que continua a ser a melhor portuguesa, subiu seis posições e ocupa o 103.º lugar.