Brincadeira sobre Federer e Nadal: "Já não tenho nem metade do respeito"

Brincadeira sobre Federer e Nadal: "Já não tenho nem metade do respeito"
Vanda Pinto

Tópicos

Argentino falou da relação que mantém com os dois tenistas.

Diego Schwartzman atravessa um bom momento de forma, tendo recentemente alcançado o segundo lugar no torneio de Córdoba, perdendo a final para Cristian Garin, 31.º classificado da hierarquia mundial.

O melhor tenista argentino da atualidade, 14.º classificado do ranking ATP, em entrevista concedida ao "Clarín", falou da relação que mantém com Rafael Nadal e Roger Federer. Questionado sobre se já os conseguir "tirar de um pedestal" ou se continuam a ser os "ídolos inalcançáveis", o tenista admitiu que é difícil responder.

"É difícil. No dia a dia tratamo-los como apenas mais um. Se estou com alguém que nunca os viu, ficam admirados com a relação que tenho com eles", começou por dizer, para depois brincar:

"Hoje eu vejo-os mais como pessoas e isso é muito bom, porque eles são pessoas antes de serem os jogadores que são. Mas nunca os tiras totalmente do pedestal, especialmente dentro do court, por tudo o que fazem lá. Embora, obviamente, já não os respeite nem metade do que respeitava no início [risos]".