Pedro Sousa: "O fator decisivo foi a resposta ao serviço"

Pedro Sousa: "O fator decisivo foi a resposta ao serviço"

Tenista português estreou-se com uma derrota no quadro principal do Open da Austrália.

O português Pedro Sousa estreou-se no quadro principal do Open da Austrália, primeiro major da temporada em ténis, com uma derrota frente a Alex di Dinaur, a quem não conseguiu "causar transtorno na resposta ao serviço". "Foi um encontro sempre equilibrado, em que os parciais foram decididos só com um break. Foi disputado com alguns bons pontos e, no geral, foi um bom encontro. O fator decisivo foi a resposta ao serviço. Hoje pequei nesse aspeto, não estive tão bem e criei muito poucas oportunidades na resposta. Servi muito bem, mas a resposta infelizmente não foi a melhor e a que se exige a este nível. Não lhe causei desconforto a responder", explicou o lisboeta à Lusa, depois ceder na estreia por 6-4, 7-5 e 6-4.

Apesar de eliminado na ronda inaugural do torneio australiano, onde assinalou a sua estreia em quadros principais do Grand Slam, Pedro Sousa admite ter ficado "contente" com a forma como reagiu diante o jovem australiano, 27.º do ranking ATP, que venceu domingo o ATP 250 de Sydney, o seu primeiro título de carreira aos 19 anos.

"Não posso dizer que esteja satisfeito, porque perdi. Mas, no global, foi uma boa experiência jogar num court grande [Margaret Court Arena], com um jogador como o Di Minaur, que já ganhou um torneio ATP, a jogar em casa e onde é número um. Estou contente como lidei com a situação", frisou.

Concluída a experiência em Melbourne Park, onde espera ter "mais experiências destas", Pedro Sousa regressa a Portugal para descansar por alguns dias, antes de se juntar à seleção lusa, que viaja até ao Cazaquistão para discutir com a equipa anfitriã o apuramento para o Grupo Mundial da Taça Davis.

Nos Antípodas permanece João Sousa, número um português e 44.º ATP, que fará a sua estreia na 107.ª edição do Open da Austrália na terça-feira, frente ao esquerdino argentino Guido Pella, seu parceiro de pares no ATP 250 de Auckland.