Árbitros ponderam boicotar jogos de Serena Williams por causa de Carlos Ramos

Árbitros ponderam boicotar jogos de Serena Williams por causa de Carlos Ramos

Em causa episódio na final do US Open

Os árbitros de ténis estão a ponderar não dirigir jogos em que participem Serena Williams enquanto a tenista norte-americana não pedir desculpas ao árbitro português Carlos Ramos. Em causa o comportamento da norte-americana na final da US Open, em que chamou o juiz de "mentiroso" e "ladrão", acusando-o ainda de ter uma atitude sexista.

O mundo do ténis dividiu-se no apoio a Serena e a Carlos Ramos. a WTA, Associação de Ténis Feminino, e a Associação de Ténis dos Estados Unidos, colocaram-se do lado de Williams, enquanto a Federação Internacional de Ténis deu razão ao árbitro português.

O jornal "The Times", no entanto, informa que os árbitros estão descontentes com o sucedido e ponderam boicotar os jogos de Serena Williams, pelo menos até esta pedir, publicamente, desculpas a Carlos Ramos. Os juízes falam ainda de não serem apoiados pela Associação de Ténis dos Estados Unidos em várias situações e que o português foi rebaixado apenas por ter feito o seu trabalho e ter cumprido as regras.