Djokovic já está no aeroporto de Melbourne para ser deportado

Djokovic já está no aeroporto de Melbourne para ser deportado
Redação com Lusa

Tópicos

O tenista sérvio Novak Djokovic já está no aeroporto de Melbourne, de onde será deportado da Austrália, depois de o cancelamento do visto de entrada no país ter sido confirmado por uma decisão judicial, noticia hoje a AFP.

O líder do ranking mundial, de 34 anos, recorreu do cancelamento do visto, mas o Tribunal Federal australiano indeferiu hoje o recurso e Djokovic deverá viajar para o Dubai, ficando impedido de defender o título no Open da Austrália, primeiro Grand Slam de 2022, que começa na segunda-feira.

Três juízes do Tribunal Federal confirmaram uma decisão tomada na sexta-feira pelo ministro da Imigração de cancelar o visto do sérvio, que não está vacinado contra a covid-19, por motivos de interesse público.

Uma ordem de deportação inclui também, geralmente, uma proibição de três anos de entrar no país.

"Estou extremamente desapontado com a decisão do tribunal de indeferir o meu pedido de revisão judicial da decisão do ministro de cancelar o meu visto, o que significa que não posso ficar na Austrália e participar no Open", lamentou o número um mundial.