"Dificilmente podia estar mais contente. Tem sido um ano de muitas primeiras vezes"

"Dificilmente podia estar mais contente. Tem sido um ano de muitas primeiras vezes"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Nuno Borges, tenista português que esta quinta-feira assegurou presença no quadro principal de Roland Garros.

O tenista português Nuno Borges mostrou-se esta quinta-feira "muito orgulhoso do caminho feito" até à qualificação para o quadro principal de Roland Garros, segundo "major" da temporada, graças ao triunfo, em três sets, sobre o húngaro Zsombor Piros.

"Estou muito contente, dificilmente podia estar mais contente. Tem sido um ano de muitas primeiras vezes e passar o qualifying é, sem dúvida, um momento muito especial para mim, uma experiência única. Ainda estou a conhecer estas novas andanças e, de repente, já entrei num quadro principal", comentou, em declarações à Lusa, sobre a estreia em torneios do Grand Slam.

Apesar de uma fase de "qualificação difícil", o número dois nacional e 126 classificado no ranking ATP assegura que "não foi mais difícil do que estava à espera", embora tenha ficado "surpreendido com a maneira" como jogou os três encontros.

"Às vezes não me sinto no meu melhor, mas, entre altos e baixos, lá consegui ultrapassar. Foi um caminho duro, mas compensou. Houve, sem dúvida, muitos nervos e este último encontro não foi exceção, mas tentei gerir esse nervosismo ao longo do encontro, à procura das soluções e tentar jogar o meu melhor ténis. Hoje, senti que foi mais à custa do desgaste físico, o que me deu essa vantagem", explicou, após eliminar Piros (189.º ATP), por 3-6, 6-2 e 6-1.

Após bater na estreia o italiano Thomas Fabbiano, na segunda ronda o brasileiro Felipe Meligeni Rodrigues Alves e na última fase da qualificação o húngaro, Nuno Borges vai juntar-se ao compatriota João Sousa, o único português com acesso direto ao quadro principal, no major francês.

"Estou muito orgulhoso do caminho que fiz e, agora, é largar tudo em campo. Será o meu primeiro encontro em cinco sets, por isso estou entusiasmado", rematou o jovem maiato, de 25 anos.