Challenger de Braga perde últimos tenistas portugueses

Challenger de Braga perde últimos tenistas portugueses
Redação com Lusa

Tópicos

Na estreia como dupla, o maiato e o madeirense foram travados pelo indiano Jeevan Nedunchezhiyan e o indonésio Christopher Rungkat, primeiros cabeças de série, em dois sets, com os parciais de 7-5 e 6-4

Os tenistas Henrique Rocha e Daniel Rodrigues foram eliminados esta sexta-feira nas meias-finais do "challenger" de Braga, que ficou assim sem portugueses na variante de pares do torneio que está a decorrer no Clube de Ténis de Braga.

Na estreia como dupla, o maiato e o madeirense foram travados pelo indiano Jeevan Nedunchezhiyan e o indonésio Christopher Rungkat, primeiros cabeças de série, em dois sets, com os parciais de 7-5 e 6-4.

Na final, Nedunchezhiyan e Rungkat vão defrontar os checos Vit Kopriva e Jaroslav Pospisil, que hoje beneficiaram da desistência dos adversários, Timofey Skatov e Carlos Taberner, para garantir a passagem à fase seguinte da prova.

Na competição de singulares, o neerlandês Jells Seles, 196.º classificado no "ranking" ATP, bateu o russo Alexander Shevchenko (153.º ATP), com os parciais de 7-6 (7-1) e 7-6 (11-9), e marcou duelo com o brasileiro Matheus Pucinelli de Almeida, carrasco de Nuno Borges na segunda ronda, após vitória sobre o espanhol Pablo Lamas Ruiz, por duplo 6-3.

A outra meia-final de singulares será disputada pelo "qualifier" norte-americano Nicolas Moreno De Alboran (308.º), responsável pela derrota do espanhol Javier Barranco Cosano (341.º), por 7-6 (8-6) e 7-5, e o cazaque Timofey Skatov (242.º), que superou o segundo cabeça de série, o espanhol Carlos Taberner (121.º), com os parciais de 7-6 (7-2) e 6-0.