Andy Murray em risco de falhar Open da Austrália por teste positivo à covid-19

Andy Murray em risco de falhar Open da Austrália por teste positivo à covid-19
Redação com Lusa

Tópicos

Tenista britânico, 123.º classificado no ranking mundial, recebera um 'wil card' para participar no primeiro Grand Slam da temporada

O tenista britânico Andy Murray, 123.º classificado do ranking mundial, testou positivo ao novo coronavírus e pode falhar o Open da Austrália, anunciaram hoje os organizadores do primeiro Grand Slam da temporada.

Murray, que recebeu um "wild card' para um torneio em cuja final perdeu por cinco vezes, está em isolamento e, "infelizmente, será incapaz de se juntar ao voo "charter" oficial para Melbourne", após o qual os tenistas farão um período de quarentena, indicou a organização.

O torneio, que foi adiado por três semanas, devido à pandemia do novo coronavírus, arranca em 08 de fevereiro, após 14 dias de quarentena de todos os envolvidos no primeiro "Grand Slam" de 2021.

O norte-americano Tennys Sandgren testou positivo ao novo coronavírus, mas foi autorizado a viajar de Los Angeles para Melbourne. Sa se apresentar um teste negativo antes de embarcar, pode fazer o período de quarentena.

Por outro lado, Madison Keys, também testada positiva e em isolamento obrigatório, disse estar "muito desapontada por não poder jogar nas próximas semanas".