Alexander Zverev acusado de violência doméstica: "Tentou estrangular-me com uma almofada"

Alexander Zverev acusado de violência doméstica: "Tentou estrangular-me com uma almofada"
Redação

Tópicos

O relato de Olga Sharypova, ao site russo Championat, é bastante detalhado e contém declarações muito fortes.

"Fui passear com Dasha Medvedeva em Nova Iorque e chegamos um pouco atrasadas. Ele ficou muito furioso por causa disso e discutimos. As nossas discussões nunca tinham razão. Nesse dia ele tentou estrangular-me com uma almofada e torceu os meus braços. Tentei fugir da sala várias vezes, mas ele não me deixou". A frase pertence à ex-tenista russa Olga Sharypova, que acusa o tenista alemão Alexander Zverev de violência doméstica.

O relato de Olga Sharypova, ao site russo Championat, é bastante detalhado e contém declarações muito fortes. "Não foi a primeira vez que ele levantou a mão para mim. Aconteceu muitas vezes, mas eu culpava-me pelas coisas que aconteciam", afirmou Sharypova, que recordou ainda o dia em que, alega, Zverev atirou as suas roupas para o lado de fora do quarto de hotel, deixando-as no corredor. A tenista afirmou que os dois reconciliaram-se pouco depois, acabando por terminar o relacionamento pouco tempo depois, em outubro de 2019.

"Em agosto do ano passado (durante o US Open 2019) eu fugi do hotel descalça, magoada. Eu fiquei parada numa rua de Nova Iorque e não sabia para onde ir ou o que fazer.", disse.

"O que aqui é importante é que ele assuma a responsabilidade pelos seus atos, sejam eles violência ou um filho. Não tenho medo de levar com processos ou reações negativas das pessoas que o defendem. Já lidei com coisas muito piores enquanto namorei com ele. E estou aqui", disse Olga Sharypova, negando que tenha decidido expor agora o caso quando foi tornado público que Alexander Zverev vai ser pai. A mãe é uma ex-namorada do tenista..

Alexander Zverev, atual campeão do ATP de Colónia sétimo no ranking mundial, ainda não respondeu a estas acusações