"Quando um jogador diz 'vai-te f****' duas vezes, olhando-me nos olhos..."

"Quando um jogador diz 'vai-te f****' duas vezes, olhando-me nos olhos..."
Redação

Tópicos

Corentin Moutet protagonizou com o búlgaro Adrian Andreev, em Orleans, uma cena muito feia, chegando os dois atletas mesmo a vias de facto, junto à rede, num momento que costuma ficar marcado pelo fair-play

O ténis, em particular, e o desporto, em geral, ficaram chocados com as imagens do Challenger de Orleans que ainda prometem dar que falar. Corentin Moutet e Adrian Andreev envolveram-se numa cena de pancadaria quando o normal é haver um cumprimento. O francês já veio a público dar a sua versão da história.

"Ameaçou-me e pediu-me que esperasse por ele na saída, o que obviamente fiz. Tive dificuldade em encontrá-lo durante 10 minutos. De facto, ele foi escoltado por seis pessoas de segurança. Quando um jogador diz 'vai-te f****' duas vezes, olhando-me nos olhos, não posso deixar de o fazer compreender à minha maneira que isso não pode acontecer. Para mim, não é um comportamento aceitável", escreveu, nas suas redes sociais.

Moutet, no final da mensagem, deixou ainda uma garantia sobre o episódio.

"Não quero pedir desculpa pelo que aconteceu no final do jogo", concluiu.