"Mourinho e Villas-Boas dão lições de liderança"

"Mourinho e Villas-Boas dão lições de liderança"
João Araújo

Tópicos

Capitão da seleção de râguebi sul-africana campeã mundial em 1995 e figura inspiradora do filme "Invictus" esteve no Porto.

Foram cerca de mil os participantes na quarta edição da conferência sobre liderança organizada ontem pela Porto Business School, os mesmos que passaram uma hora completamente rendidos à apresentação de François Pienaar.

O capitão dos "Springboks", a seleção sul-africana de râguebi, recordou o jantar com a seleção portuguesa, na véspera do jogo com a Espanha, no Mundial'2010. Queiroz, selecionador, convidou-o e ele pôs como condição levar os dois filhos e estes poderem jogar ténis de mesa com Ronado. Dito e feito! "Essa é uma recordação fantástica", disse, acrescentando depois ter-se tornado "adepto da seleção portuguesa".

Pienaar diz que Ronaldo é um líder e que "Mourinho e Villas-Boas dão muitas lições de liderança". "Portugal não é o maior país do mundo em termos de futebol, mas já teve dois dos melhores jogadores - Figo e Ronaldo - e dois dos melhores treinadores de sempre - Mourinho e Villas-Boas", completou Pienaar, orgulhoso por se sentir "uma parte pequena" da história do seu país.