Estrela feminina da esgrima passa à liderança no desporto italiano

Estrela feminina da esgrima passa à liderança no desporto italiano

Valentina Vezzali passa a subsecretária dos Desportos

Valentina Vezzali, antiga campeã olímpica de esgrima, vai ocupar o cargo de subsecretária dos Desportos no novo governo italiano, comandado por Mario Draghi, ficando com a especial missão de ligação ao movimento olímpico.

"É um desafio importante, principalmente pelo momento que estamos a viver", disse Vezzali, de 47 anos e retirada do desporto em 2016, assumindo-se "profundamente honrada" com a nomeação hoje tornada pública.

Segundo ela, as prioridades serão desenvolver o desporto de base e apoiar os italianos que competirão nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio. Terá também pela frente as medidas a desenvolver na contenção da disseminação do novo coronavírus e da Covid-19.

Vezzali já foi deputada entre 2013 e 2018, pelo 'Movimento 5 Estrelas' e é a maior medalhada olímpica da história da Itália.

Além de múltiplos títulos mundiais e europeus na esgrima, ela conquistou seis medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze em Jogos Olímpicos, sempre no florete.

"Parabéns ao primeiro-ministro Draghi e ao governo. A nomeação de Valentina Vezzali vai exatamente na direção que desejávamos", congratulou-se o presidente do Comité Olímpico Nacional Italiano (CONI), Giovanni Malagò. "Pedíamos alguém competente e conhecedor dos nossos problemas, que são muitos e infelizmente urgentes".