Tóquio2020: Eduardo Marques acaba em 19.º e falha apuramento na vela

Tóquio2020: Eduardo Marques acaba em 19.º e falha apuramento na vela
Redação com Lusa

O velejador Eduardo Marques acabou este sábado no 19.º lugar o grupo de ouro do apuramento europeu para Tóquio2020 em laser standard, em Vilamoura, falhando a qualificação, atribuída a Países Baixos e Espanha.

​​​​​​Eduardo Marques subiu até ao 19.º lugar final, no que indicia uma subida de rendimento que, ainda assim, não chegou para ocupar a vaga olímpica.

Os lugares olímpicos acabaram por ser garantidos pelo espanhol Joel Rodríguez Pérez, no nono lugar da geral, e o holandês Duko Bos, que garantiu uma vaga que sabe não ser ele a ocupar no verão.

Na luta pelo primeiro lugar em si, foi o alemão Philipp Buhl a levar a melhor, numa prova utilizada por vários países para fazer a seletiva de atletas que vão ocupar os lugares ganhos para Tóquio2020, adiado para este verão devido à pandemia de covid-19.

O brasileiro Robert Scheidt, campeão olímpico, foi segundo em ILCA7, o nome agora dado a laser standard, com o britânico Michael Beckett a fechar o pódio.

Mais abaixo, Santiago Villax Sampaio foi 54.º, Lourenço Mateus 72.º, André Granadeiro 92.º, Rui Silveira 94.º, Gonçalo Castro Nunes 135.º e André Ribeiro 139.º, com João Pontes a abandonar.

Em ILCA 6, a nova denominação de laser radial, a discussão pelo primeiro lugar não foi animada: a dinamarquesa Anne-Marie Rindom, campeã europeia e mundial em 2019, liderou do primeiro ao último dia, com a sueca Josefin Olsson em segundo e a japonesa Manami Doi em terceiro.

Carolina João, que assegurou uma vaga olímpica para Portugal a meio da prova, terminou no 44.º lugar, com Federica Franchi em 86.º e Mafalda Pires de Lima e Leonor Dutra a abandonarem.

A vela já assegurou um quinteto para Tóquio2020, depois do 49er, em quota garantida por Jorge Lima e José Costa no campeonato do mundo classes olímpicas em Aarhus, Dinamarca, e do 470, conseguido por Diogo Costa e Pedro Costa no Campeonato do mundo 470, em Vilamoura.

A vela volta a Vilamoura, uma freguesia do concelho de Loulé, distrito de Faro, com o Europeu de 470, entre 30 de abril e 07 de maio.