Surf: Kelly Slater volta a vencer etapa do circuito mundial a cinco dias dos 50 anos

Surf: Kelly Slater volta a vencer etapa do circuito mundial a cinco dias dos 50 anos
Redação com Lusa

Norte-americano venceu o Billabong Pipe Masters, no Havai.

O norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo, voltou aos triunfos no circuito mundial de surf, ao vencer o Billabong Pipe Masters, no Havai, a cinco dias de completar 50 anos.

Slater aumentou para 56 o número de vitórias em campeonatos do circuito mundial de surf, ao vencer a final da primeira etapa da edição de 2022 do circuito, com um total de 18,77 pontos (9 e 9,77), contra os 12,53 do havaiano Seth Moniz (3,1 e 9,43), de 24 anos.

O veterano surfista natural de Cocoa Beach, na Florida, detentor do recorde do mais jovem campeão do mundo, aos 20 em 1992, e do mais velho, com 39 em 2011, voltou aos triunfos, seis anos depois.

A mais recente vitória de Slater tinha ocorrido em agosto de 2016, na Polinésia Francesa, onde tinha conquistado o Billabong Pro Tahiti, impondo-se ao também havaiano John John Florence.

Seguiram-se dois anos com muitas ausências nas provas do circuito, devido a lesões, até ao regresso em pleno em 2019, quando teve como melhores resultados duas presenças nas meias-finais, em Bali e em Pipeline, onde voltou a ser terceiro no ano passado, depois do cancelamento da competição em 2020.

Com o oitavo triunfo em Pipeline, 30 anos depois da primeira vez, Slater assume a liderança do circuito mundial, que vai prosseguir com nova competição no Havai, entre 11 e 23 de fevereiro, em Sunset Beach, antecedendo a etapa portuguesa, o Meo Pro Portugal, entre 03 e 13 de março, na praia de Supertubos, em Peniche.

O português Frederico Morais terminou a prova inaugural do circuito no 17.º posto, ao ser eliminado, na terça-feira, pelo costarriquenho Carlos Munoz, nos 16 avos de final.